comunicação

Fetronor Express

09 de junho de 2011 - Ano XV - Número 637

Seminário Nacional NTU 2011

O Brasil vive o limiar de uma nova época impulsionado pelos grandes eventos esportivos que se aproximam. Nesse quadro surge a perspectiva de uma significativa evolução da mobilidade urbana nas cidades brasileiras, que será concretizada por um salto de qualidade nos serviços de transporte público.  O desenvolvimento de estratégias, ideias e novos negócios, de forma a preparar o setor e beneficiar a sociedade com essa evolução são os desafios e propósitos do Seminário Nacional NTU 2011.  Esta edição se constituirá na oportunidade de realizar avaliações acerca dos projetos de Bus Rapid Transit (BRT) e traçar os rumos ideais para o sucesso desses futuros sistemas.

A modalidade de Parceria Público-Privada (PPP) também se descortina como opção empresarial no transporte público para atendimento à crescente demanda por tais serviços pela sociedade, em um ambiente de escassos recursos públicos. Os consórcios empresariais no setor, por sua vez, fortalecem as consorciadas pelo compartilhamento de estrutura, capital, conhecimento e habilidade técnica, resultando em negócios mais robustos e abrindo novos mercados.  Participe da construção de estratégias competitivas para o setor de transporte público urbano! Participe deste Seminário Nacional NTU 2011. Municipal de Natal para discutir a implantação da nova etapa do Proconve. A sessão terá a participação de vereadores e deputados estaduais, além dos dois palestrantes e do público em geral. As inscrições para o Seminário Nacional NTU estarão disponíveis pelo site até o dia 15 de agosto de 2011. (www.ntu.org.br)

 

Publicação analisa impactos de novas metas do Proconve

 

Um verdadeiro guia para auxiliar o transportador a entender as implicações da próxima fase do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve) está disponível na página eletrônica do Programa Ambiental do Transporte, o Despoluir, onde os interessados podem consultar e baixar o arquivo.  A publicação intitulada A fase P7 do Proconve e o impacto no Setor de Transporte é fruto de um trabalho que busca disseminar informações sobre as novas metas de emissões de poluentes para ônibus e caminhões, as novas tecnologias de motores envolvidas e as exigências de um diesel mais limpo a partir de 2012. E explicar, em contrapartida, o que isso representa em termos de aumento de custo do veículo (entre 15% e 20%) e do combustível (estimado em 10%). Outras questões levantadas no documento são a demanda por qualificação profissional de motoristas para lidar com os novos veículos e eventuais problemas de distribuição do diesel S-50 em 2012, e do S-10 a partir de 2013. (www.cntdespoluir.org.br)

Notas

Com o objetivo de preparar o setor transportador para a aplicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10), a Confederação Nacional do Transporte (CNT), por meio do programa Despoluir​, realiza o Seminário sobre Logística Reversa e o Setor Transportador. O evento, que ocorre em 9 de junho na sede da CNT, em Brasília (DF), contará com cinco palestras, debate e espaço para troca de experiência entre os participantes. Os interessados em participar do evento devem enviar e-mail para o endereço despoluir@cnt.org.br


Neste ano, 55 unidades participarão do evento. Serão mais de 500 jogos realizados em todo o país, com troféus para os três primeiros colocados e condecoração para artilheiro e goleiro. Com o objetivo de estimular o trabalhador em transporte a realizar atividades esportivas e criar mais um espaço de convivência social na comunidade, o Sest Senat prepara a segunda edição da Copa de Futebol Society. O evento será realizado em 55 unidades e segue os moldes do campeonato realizado no ano passado, que contou com a participação de seis mil jogadores. (www.sestsenat.org.br)

Pelo projeto (PLS 43/2011) de autoria do senador Clésio Andrade (PR-MG), poderá ser um novo dispositivo para prever que o intervalo expresso na CLT de  condutores e cobradores poderá ser fracionado, quando compreendido entre o término da primeira hora trabalhada e o início da última hora trabalhada, mantida a mesma remuneração e concedidos intervalos para descanso menores e fracionados ao final de cada viagem.

Download

últimos informativos

MAIS INFORMATIVOS