comunicação

Notícias

10 de setembro de 2010

SEST / SENAT realiza blitz educativa sobre cinto de segurança

 SEST / SENAT realiza blitz educativa sobre cinto de segurança

Apenas 11% dos passageiros transportados na parte de trás dos veículos usam o cinto de segurança. O dado, levantado pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), é alvo da Semana SEST SENAT de Educação no Trânsito, promovida entre os dias 18 e 25, que espera atingir 203 mil pessoas, entre motoristas de caminhões e viajantes.
 
Alinhada às ações da Semana Nacional do Trânsito, realizada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a ação do SEST SENAT contará com blitze educativas em rodovias e nas unidades espalhadas por todo o país. “Nossos agentes abordarão os motoristas de modo a sensibilizar a respeito do uso do cinto de segurança e dos adaptadores de assento para crianças”, explica a coordenadora de estudos e projetos do SEST SENAT, Renata Maia.
 
Serão oito dias de medidas educativas e atividades recreativas voltadas ao assunto. Algumas unidades receberão palestrantes para abordar o tema. Apesar do uso obrigatório e regular do cinto de segurança desde 1998, ano de lançamento do novo Código de Trânsito Brasileiro, apenas 11% dos passageiros transportados no banco de trás dos veículos usam cinto de segurança.
 
Desde 2003, o SEST SENAT realiza a semana do trânsito relacionada às campanhas do Denatran e do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Cerca de 500 mil pessoas já passaram pelas blitze, que focaram temas como jovens, crianças, pedestres e motos no trânsito.
 
Segurança efetiva
 
De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, a medida de segurança, além de simples, é efetiva. Basta afivelar o cinto de segurança no banco da frente para reduzir em até 50% o risco de morte em um acidente grave de trânsito.
 
No banco de trás, o risco diminui em até 75% com o cinto. Já os equipamentos adequados para transportar crianças, como cadeirinha, bebê conforto e elevador de assento, reduz em 70% o risco de morte de bebês e 80% de crianças pequenas.

Saiba mais sobre a campanha do Denatran: denatran.gov.br

Fonte: Marina Severino - Redação CNT

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

23 de agosto de 2019

Seminário apresenta inovações para o setor

e o vencedor do 1º Desafio do COLETIVO

21 de agosto de 2019

Vice-presidente da Fetronor recebe homenagem da NTU

Luiz Fernando Bandeira de Mello ganhou medalha Medalha do Mérito do Transporte Urbano Brasileiro

21 de agosto de 2019

Despoluir realiza diagnóstico ambiental

nas empresas do Rio Grande do Norte

MAIS NOTÍCIAS