comunicação

Notícias

06 de agosto de 2013

semana de combate ao uso de álcool e drogas ao volante
campanha do Sest Senat visa conscientizar mototistas

semana de combate ao uso de álcool e drogas ao volante

Entre os dias 25 e 30 deste mês, o Sest Senat promove a Semana de Mobilização para Combate ao Uso de Drogas e Álcool nas Estradas. Mais de 140 unidades em todo o país vão promover atividades de conscientização para os motoristas com palestras, distribuição de material informativo em blitze, contracheques e receituários, ações durante as aulas dos mais diversos cursos, veiculação de mensagens na internet, em rádios e jornais locais, entre outras.O objetivo é desestimular o uso de substâncias que comprometam a capacidade de percepção, os reflexos, a habilidade de controlar o automóvel, a coordenação motora e outras consequências que a ingestão de álcool e drogas pode causar para quem pegar a direção. 

A mobilização do Sest Senat segue em consonância com as ações desenvolvidas pelo governo federal. Em junho deste ano, o Ministério das Cidades lançou mais uma campanha de trânsito do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um pacto pela vida). Com o slogan “Motorista, álcool e drogas podem fazer da sua viagem um caminho sem volta”, o órgão quer reduzir significativamente o número de acidentes de trânsito.
Em 2010, foram mais de 42 mil vítimas fatais no trânsito brasileiro. Com uma frota correspondente a 3,1% (2.414.721) dos 77,8 milhões de veículos registrados no país, os caminhões estão envolvidos em 21% dos acidentes com mortes. O Ministério das Cidades divulgou que, de 1996 a 2010, o número de acidentes envolvendo caminhões (56,8%) foi o terceiro que mais evoluiu no período, atrás das motocicletas (714,7%) e bicicletas (165%).

O aumento do número de mortes por 100 mil habitantes provocadas pelos caminhões também ficou em terceiro lugar. Houve um crescimento de 50% no mesmo período (1996 – 2010), também atrás dos motociclistas (679,4%) e ciclistas (153,5%). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, de março de 2011 a fevereiro de 2012, foram registrados 463.047 acidentes sem vítimas fatais nas rodovias federais. O número de óbitos chegou a 8.577.

Álcool e direção

Um estudo do Ministério da Saúde divulgado no início deste ano revelou que o consumo de bebidas alcoólicas tem forte impacto nos atendimentos de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS). O levantamento apontou que, em 2011, 21,2% das vítimas de acidentes de trânsito atendidas em prontos-socorros estavam embriagadas. De acordo com as informações do sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA), que entrevistou 47 mil pessoas em todas as capitais e no Distrito Federal, as principais vítimas são homens com idade entre 20 e 39 anos. A pesquisa dividiu os atendimentos por pedestres, condutores e passageiros: 21,4%, 22,3% e 17,7% dos socorridos ingeriram álcool antes dos acidentes.

Fonte: CNT Notícias

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

18 de julho de 2019

Sest Senat promove a Semana do Motorista

Unidades do RN e PB realização várias atividades de 21 a 28 de julho

17 de julho de 2019

Uber tira usuários do transporte coletivo em SP

De cada 10 usuários do Uber Juntos, seis eram do transporte público

16 de julho de 2019

EaD do SEST SENAT lança novos cursos

Cursos são gratuitos para trabalhadores do transporte

MAIS NOTÍCIAS