comunicação

Notícias

05 de junho de 2014

Projeto inclui empresas no Supersimples
Lei que beneficia serviços de transporte foi aprovada na Câmara

Projeto inclui empresas no Supersimples

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar 221/12, que inclui todas as micro e pequenas empresas do setor de serviços no Supersimples. O regime unifica a arrecadação de tributos e contribuições para empresas que têm receita bruta anual de até R$ 360 mil (no caso das microempresas) e R$ 3,6 milhões (para as empresas de pequeno porte).

Conforme a proposta, algumas empresas de transporte também poderão ser enquadradas no Supersimples. Até então o setor era proibido de fazer o recolhimento de impostos por meio do regime simplificado, segundo previsto no Artigo 17 da Lei que instituiu o Simples Nacional.

A exceção aprovada pela Câmara inclui as empresas de transporte de passageiros quando o serviço tiver características de transporte urbano ou metropolitano. Também podem, segundo o texto, participar do Supersimples empresas que atuam por meio de fretamento para o transporte de estudantes e trabalhadores, além de empresas que realizam transporte fluvial.

As alíquotas, segundo o texto aprovado pelos deputados, variam de 16,93% a 22,45%. Agora o texto segue para apreciação do Senado e, se for aprovado, as novas regras poderão entrar em vigor somente no ano que vem.


Natália Pianegonda

Agência CNT de Notícias

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

05 de dezembro de 2019

Fortaleza tem serviço de transporte coletivo por aplicativo

Serviço não tem rota fixa, oferece conforto e preço acessível

04 de dezembro de 2019

Simulador previdenciário da CNT

Trabalhador poderá calcular o tempo para se aposentar e o valor do benefício

02 de dezembro de 2019

Diagnóstico Socioambiental será entregue no dia 9

Despoluir vai reunir em Natal as empresas do RN

MAIS NOTÍCIAS