comunicação

Notícias

21 de junho de 2016

Prêmio CNT
Inscrições estão abertas

Prêmio CNT

Os jornalistas que publicaram reportagens ou fotografias sobre transporte entre 13 de agosto de 2015 e 11 de agosto deste ano já podem inscrever seus trabalhos no Prêmio CNT de Jornalismo. As inscrições da 23ª edição estão abertas entre 20 de junho e 11 de agosto. São seis categorias: Impresso, Televisão, Internet, Rádio, Fotografia e Meio Ambiente e Transporte. A matéria com a melhor nota dos jurados vencerá o Grande Prêmio. Durante a avaliação, serão consideradas questões como relevância para o setor de transporte, para o transportador e para a sociedade; qualidade editorial; criatividade; originalidade e temporalidade.

O vencedor de cada categoria ganhará R$ 35 mil, e o do Grande Prêmio, R$ 60 mil. No total, serão R$ 270 mil distribuídos para jornalistas que valorizam o setor transportador, tanto na área de cargas quanto na de passageiros. Para se inscrever, os autores (inclusive da Fotografia) precisam ter o registro profissional de jornalista. As reportagens devem ser inscritas individualmente, mesmo quando forem feitas por uma equipe, e as inscrições podem ser realizadas pela Internet (premiocnt.cnt.org.br). Somente trabalhos de Televisão precisam ser enviados pelos Correios.

O Prêmio CNT de Jornalismo chega à 23ª edição com mais de cem jornalistas homenageados desde o lançamento, em 1994. De acordo com o presidente da Confederação Nacional do Transporte, Clésio Andrade, "a premiação estimula e prestigia reportagens sobre o transporte e os trabalhadores do setor, além de contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo poder público, da importância da atividade transportadora na vida econômica, política, social e cultural do país."

Meio Ambiente e Transporte

Na categoria Meio Ambiente e Transporte, a CNT valoriza trabalhos que mostram a sustentabilidade no setor. Ações que levam à redução da emissão de poluentes e de resíduos, uso de combustíveis alternativos, reaproveitamento de água no setor, entre outros assuntos, podem ser abordados nas reportagens. Na edição de 2015, o jornal Correio Braziliense venceu a categoria com a série "Cemitérios de Lata", que mostrou o problema da destinação inadequada de automóveis, barcos, aviões, trens e outros meios de transporte.

A reportagem vencedora do Grande Prêmio, "Bicicletas 1 e 2", também estava inscrita na categoria Meio Ambiente e Transporte. Ao apresentar questões sobre mobilidade urbana, segurança e outros pontos relativos ao uso das bicicletas, a GloboNews ganhou a maior premiação da última edição.

Os outros vencedores de Prêmio CNT de Jornalismo de 2015 foram: o jornal O Globo, com a série "Quando o mar vira estrada" (Impresso); a Rede Globo, com a reportagem "A máfia do seguro obrigatório" (Televisão); a rádio Bandeirantes, com o trabalho "Na boleia do caminhão aos confins do Brasil" (Rádio); o site Brio Media, com a reportagem "Eles fizeram foi morrer" (Internet); e o jornal Notícia Agora, com a fotografia "Mão fraterna" (Fotografia). Nesta edição de 2016, os vencedores devem ser conhecidos em novembro e, em dezembro, ocorrerá a cerimônia de entrega da premiação, em Brasília.

Para saber mais, acesse o site: www.premiocnt.cnt.org.br.

Repórteres:
Cynthia Castro
Livia Cerezoli
Agência CNT de Notícias

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

18 de julho de 2019

Sest Senat promove a Semana do Motorista

Unidades do RN e PB realização várias atividades de 21 a 28 de julho

17 de julho de 2019

Uber tira usuários do transporte coletivo em SP

De cada 10 usuários do Uber Juntos, seis eram do transporte público

16 de julho de 2019

EaD do SEST SENAT lança novos cursos

Cursos são gratuitos para trabalhadores do transporte

MAIS NOTÍCIAS