comunicação

Notícias

05 de dezembro de 2016

NTU entrega
carta aos prefeitos

NTU entrega

Em participação na 70ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), realizada esta semana, de 28 a 30, em Campinas (SP), o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha, entregou pessoalmente carta aberta aos prefeitos eleitos. Na presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do presidente da FNP e prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, o documento foi recebido pelos prefeitos João Doria (SP) e Marcelo Crivella (RJ) e por outros prefeitos eleitos, entre mais de 40 governantes municipais que compareceram ao evento.O documento expressa os anseios e expectativas do setor com os novos governantes e defende a criação de um fundo para o financiamento do transporte coletivo e investimentos contínuos que garantam infraestrutura e segurança jurídica para os contratos de concessão ou permissão com as empresas de ônibus.

"Todos que receberam nossa carta se mostraram muito receptíveis e sensíveis às questões propostas" destacou o presidente da NTU, que também fez uma apresentação para detalhar a influência e impacto da tarifa de ônibus na perda de passageiros do ônibus urbano e a necessidade de mudanças para que o setor atenda os anseios da população por mais qualidade no serviço e preços mais acessíveis.

Durante o painel "O crescente desequilíbrio entre os custos e as tarifas do sistema de transporte público urbano", que fez parte da programação do evento (29/11), Otávio Cunha destacou a falta de políticas públicas que priorizem o transporte coletivo e de incentivos à mobilidade urbana como principais responsáveis pelos retrocessos do setor, no sentido de não avançar no atendimento das demandas sociais por melhor qualidade dos serviços e tarifas módicas.

O presidente ainda traçou um panorama dos aumentos dos principais custos do setor nos últimos 20 anos. "A tarifa subiu 260% a mais que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) nos últimos 20 anos", reforçou. E explicou que o setor ainda se apoiava numa planilha de custos que agora está sendo atualizada e revista para adequar as novas demandas.

Destacou também a urgência de atender à população na busca pela "tão sonhada" melhoria no transporte público. "Há hoje uma pressão pelo não aumento de tarifa e pela melhoria de qualidade no transporte, o que são coisas conflitantes", esclareceu e reforçou a necessidade de criação de um fundo de transportes que ajude a custear até 50% do valor da tarifa, ônus que hoje é assumido totalmente pelo passageiro pagante.

Cunha enfatizou ainda, que a NTU apoia a proposta da FNP, pela criação de uma Cide Municipal, que propõe a contribuição do usuário do transporte individual em detrimento do coletivo. Otávio Cunha pediu apoio dos novos prefeitos à proposta que já está em discussão em comissão especial da Câmara dos Deputados.

"Mesmo assim, entendemos que a subvenção não resolve todos os problemas", destacou Otávio Cunha e alertou para a necessidade de ações conjuntas, no sentido de promover uma mobilidade urbana sustentável e eficiente.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

15 de outubro de 2019

Reforma tributária: CNT vai ouvir transportadores

na segunda fase da pesquisa

15 de outubro de 2019

Aplicativo de ônibus reduz uso do carro

Inovação do transporte coletivo começa a mostrar resultados

12 de outubro de 2019

Sest Senat inaugura unidade de João Câmara-RN

Evento contou com a presença do presidente da CNT

MAIS NOTÍCIAS