comunicação

Notícias

18 de novembro de 2013

Fetronor é a favor do BRT
Diretor técnico José Faustino dos Santos explica as vantagens

Fetronor é a favor do BRT

 

O ônibus vem sendo a principal vítima da falta de prioridade ao transporte público no Brasil. O crescimento econômico do país provocou o aumento da frota de carros particulares e o meio de locomoção que mais transporta pessoas no Brasil acabou preso nos congestionamentos. Mas com a chegada da Copa do Mundo e a criação das secretarias de Mobilidade Urbana, algumas regiões do Brasil começam a priorizar o ônibus e a criar sistemas mais eficientes de circulação. É o caso do Recife e região metropolitana que já iniciaram as obras para a instalação do maior sistema integrado de BRTs (Bus Rapid Transit) do país.

Acompanhando de perto todo o processo, o diretor técnico da Fetronor, José Faustino dos Santos, só vê vantagens nos novos corredores de ônibus. "O tempo de viagem do ônibus foi prejudicado pelos congestionamentos e o projeto dos BRTs vem justamente para combater o atraso nas viagens. Com corredores exclusivos, novos acessos e vias mais rápidas, os ônibus passarão a circular numa velocidade muito superior aos 14km/h atuais, oferecendo qualidade e mais conforto aos usuários", explica Faustino. A previsão é de que a velocidade média passe para 25km/h.

Conforme o diretor técnico da Fetronor, o projeto pernambucano prevê um sistema integrado entre a capital e 14 cidades da região metropolitana e por isso está sendo denominado de maior do país. "Em termos de mobilidade urbana é o maior do país, pois contemplará várias cidades com estações e sistemas modais diferentes, com integração ônibus/metrô". As perspectivas são tão positivas que Faustino já prevê um transporte público bem melhor, "Essas obras vão fazer a diferença e as pessoas irão deixar os seus carros em casa, pois vai ser muito mais rápido chegar ao trabalho de ônibus", concluiu.

Faustino também defendeu a campanha nacional da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) para a construção de faixas exclusivas de ônibus. “As faixas exclusivas foram implantadas no Rio de Janeiro e em São Paulo e estão mostrando resultados, com o aumento da velocidade dos coletivos, e sua implantação em outras grandes cidades brasileiras é fundamental para a priorização do transporte público no Nordeste e no Brasil”, disse.

O dirigente vê como de suma importância os governos e governantes atuarem no sentido de priorizar o transporte coletivo, e isto traz consigo benefícios aos usuários dos sistemas de transporte de passageiros, bem como para os gestores, como comprovando nas avaliações positivas feitas pelos cidadãos onde tais medidas foram adotadas. “Recife está no caminho certo, e acreditamos que outras cidades mais especificamente da base da Fetronor, como Maceió, João Pessoa e Natal precisam caminhar neste sentido também, onde todos saem ganhando”, encerrou Faustino.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

18 de maio de 2019

Despoluir realiza ação do Maio Amarelo

no bairro do Alecrim em Natal-RN

16 de maio de 2019

Despoluir distribui material educativo

no terminal de integração do Conjunto Soledade I

15 de maio de 2019

Copa de Futebol Society do Sest Senat

movimenta unidades da Paraíba e Rio Grande do Norte

MAIS NOTÍCIAS