comunicação

Notícias

04 de abril de 2016

Despoluir vai virar
pesquisa de mestrado

Despoluir vai virar

O Programa Ambiental do Transporte, o Despoluir está sendo objeto de estudo para a dissertação de mestrado da professora Luara Musse de Oliveira, do curso de Especialização em Educação Ambiental do Instituto Técnico Federal do Rio Grande do Norte, IFRN, de Natal. Numa parceria inédita, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Nordeste vem cooperando com a pesquisa oferecendo os dados e informações das aferições veiculares registradas pelo Despoluir desde 2007 nos quatro estados da base da Fetronor: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Bióloga formada pela UFRN e tecnóloga e especialista em Gestão Ambiental pelo IFRN, Luara conheceu e interessou-se pelo Despoluir através de uma visita da Fetronor ao IFRN. "A Fetronor esteve no IFRN e convidou os alunos do curso de Gestão Ambiental para acompanhar o processo de aferição na empresa de transporte Cabral, foi quando conheci a importância do Despoluir para o meio ambiente, um programa que se preocupa com a qualidade do ar, da manutenção e renovação da frota dos ônibus, além do estímulo por meio do Prêmio Transportar. Por ser tão amplo e não haver ainda nenhum tipo de trabalho científico publicado a nível de Rio Grande do Norte, decidi colocar o Despoluir como objeto de estudo do meu mestrado sobre o uso sustentável de recursos naturais", explica a professora.

Nos primeiros meses de pesquisa do Despoluir da base da Fetronor, o que mais chamou a atenção da mestranda foi o crescimento no número de aferições aprovadas. "É muito interessante poder verificar que a cada ano a reprovação das aferições vem diminuindo e as aprovações aumentando, mostrando que o Despoluir vem dando sua contribuição na redução da poluição do ar e levantando a seguinte questão: será que os ônibus são realmente os vilões?", comenta Luara que também espera dar sua parcela de contribuição para o mundo acadêmico e sociedade.

"Essa tese vai ser muito importante para a academia e toda sociedade, pois através deste estudo do Despoluir pretendo incentivar novas pesquisas, além de propor um debate e criação de novas políticas públicas para o setor de transporte. Acredito que com todo esse apoio que venho recebendo da Fetronor, conseguiremos fazer um trabalho muito bom", disse a gestora ambiental. A apresentação da tese de mestrado está prevista para junho de 2017.

O presidente da Fetronor, Eudo Laranjeiras, aponta que o Programa Despoluir ao longo dos anos vem se aprimorando e buscando sair dos limites dos muros das garagens dos ônibus. "Nossos números são grandiosos, os dados e informações são todas catalogadas e arquivadas sendo uma grande fonte de pesquisa para o meio acadêmico, que com sua ciência e notório reconhecimento pode auxiliar no processo de elaboração de políticas públicas que visam a melhor utilização dos meios de transporte e mitigação da poluição por eles produzidos. Estamos totalmente abertos para parcerias e contribuições como essa, e esperamos que os resultados sejam positivos", revela o dirigente.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

15 de outubro de 2019

Reforma tributária: CNT vai ouvir transportadores

na segunda fase da pesquisa

15 de outubro de 2019

Aplicativo de ônibus reduz uso do carro

Inovação do transporte coletivo começa a mostrar resultados

12 de outubro de 2019

Sest Senat inaugura unidade de João Câmara-RN

Evento contou com a presença do presidente da CNT

MAIS NOTÍCIAS