comunicação

Notícias

09 de setembro de 2019

CNT debate
a reforma tributária

CNT debate

A Confederação Nacional do Transporte promove, na próxima quarta-feira (11/9), o debate "O que esperar da Reforma Tributária? Impactos das propostas para o transporte". O evento será realizado na sede da CNT, em Brasília, das 9h às 17h, e Já estão confirmadas as presenças do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do secretário especial da Receita Federal e vice-presidente da FGV (Fundação Getúlio Vargas), Marcos Cintra, e do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes.

Também estarão presentes o ex-deputado Luiz Carlos Hauly, autor da proposta que é base do projeto que está sendo discutido pelo Senado; o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), relator da proposta no Senado; e o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), relator do texto da Câmara. O presidente da CNT, Vander Costa, também convidou o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, mas ainda aguarda as confirmações das participações.

As inscrições podem ser solicitadas pelo e-mail diri@cnt.org.br – as vagas são limitadas. O debate também será transmitido pelo canal da Confederação no YouTube.

O setor de transporte considera que a reforma tributária é essencial para a desburocratização do país, possibilitando ganho de competitividade de todos os setores e a retomada do crescimento econômico. Durante o evento, será apresenta a pesquisa feita pela CNT, entre os dias 25 e 30 de julho, com 900 transportadores de todos os modais sobre o sistema tributário brasileiro.

"O atual sistema é oneroso, é caro, é difícil. E a pesquisa confirma essa percepção", comenta Vander Costa. Segundo ele, qualquer que seja a forma de tributação adotada a partir de uma reforma, ela deve ser clara. "A falta de clareza gera concorrência desleal e distorções na arrecadação. A ideia de simplificação é essencial nesse debate."

Fonte: CNT

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

27 de janeiro de 2020

Campanha da PRF leva conscientização

para as rodovias do país

24 de janeiro de 2020

Aplicativo de mobilidade urbana

promove agilidade no deslocamento dos ônibus

23 de janeiro de 2020

CNT divulga Pesquisa de Opinião de 2020

Foram realizadas 2.002 entrevistas presenciais em 137 municípios

MAIS NOTÍCIAS