comunicação

Notícias

23 de maio de 2013

CNT homenageia personalidades do setor de transporte
Medalha JK Mérito do Transporte foi entregue a Marconi Filizzola

CNT homenageia personalidades do setor de transporte

A CNT concedeu ontem a Ordem do Mérito do Transporte Brasileiro – Medalha JK. A solenidade homenageou pessoas físicas e jurídicas que se destacaram pela prestação de serviços relevantes ao setor de transportes em quaisquer de suas modalidades e contou com a presença dodo presidente da Confederação Nacional do Transporte, senador Clésio Andrade. Na cerimônia, realizada no Memorial JK, em Brasília, foram condecorados 16 personalidades.  Entre eles, estava Marconi Gouveia Filizzola, paraibano do município de Pilar. 

Fillizola é empresário com atuação tradicional no setor de transporte do estado de Pernambuco. Em 1960, iniciou sua vida empresarial com a criação da empresa Nápoles. Atualmente, é sóciode quatro empresas transportadoras nos estados de Pernambuco e Rio Grande do Norte, totalizando 660 ônibus de transporte coletivo e 2.500 funcionários. Marconi empreendetambém no ramo da indústria alimentícia e construção civil. Foi presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Recife entre 1967 e 1969e entre 2002 e 2004.

Confira o nome dos demais agraciados:


Grã Cruz

Newton Jerônimo Gibson Duarte Rodrigues

Grande Oficial

Luiz Wagner Chieppe, Roberto Mira, Francisco Biazotto, Joubert Fortes Flores Filho

Oficial

Marconi Gouveia Filizzola, Frederico Lopes Fernandes Junior, José Arlan Silva Rodrigues, Mario Zendron, André Luiz Cabello, Paulo Ricardo Menna Quaresma, Adauto Peroba Claro, Sergio Barreto D. Motta, Marcus Expedito Felipe De Almeida

Post Mortem – Oficial

João Florivaldo Brabo, Haroldo Rebuzzi 

Fonte: Agência CNT de Notícias






Compartilhe esta notícia

últimas notícias

23 de janeiro de 2020

CNT divulga Pesquisa de Opinião de 2020

Foram realizadas 2.002 entrevistas presenciais em 137 municípios

22 de janeiro de 2020

Governo Federal investe quase R$ 2 bi

em projetos de mobilidade urbana

20 de janeiro de 2020

Por que o preço dos combustíveis cai mais

nas refinarias do que nas bombas?

MAIS NOTÍCIAS